E A C O E L H O

UM PRETENSO POETA

Textos

CAMINHADO E VIVENDO

Hoje olho a rua ao avesso,
Enxergo com os olhos do coração,
Avisto além das pedras, do asfalto,
Escuto até os sentimentos alheios,
Que caminham no pulsar das minhas veias.

Estou com o espírito em sossego,
Quero ver somente as vidas que passam,
Sem importar o que carregam nas costas,
Que não sejam seus sonhos e ideais,
E esses não pesam, só impulsionam.

Independe se chove, se venta, se faz frio,
Apego-me apenas ao dia, ao momento, a vida,
Que passa pela rua e se passa vive,
E se vive tem virtudes e sonha e vê e me vê.

Bom se o sol brilha, se tem primavera por vir,
Melhor se a natureza estiver usufruindo o sol,
Com folhas, flores, cores, cantos e todo encanto,
Mas se estiver se banhando na fina chuva,
E se estiver se fartando de vidas ao seu redor,
Melhor pra mim, para meus olhos e meu viver.

Se for manhã e a rotina principiando,
Tudo bem, terei todo o dia para caminhar,
E apreciar as vidas passando e as seguirei,
Mas se for tarde, com o sol se pondo,
Bendirei a noite e esperarei por ela,
E com ela continuarei caminhado pela vida.

É....... Hoje estou vendo a rua meio assim,
Despido de qualquer foco que não sejam almas,
Pois meus olhos foram emprestados ao coração,
Que vê somente o que interessa à vida que passeia,
E a esta só importa continuar vivendo...... Assim.



EACoelho
Enviado por EACoelho em 22/08/2011
Alterado em 18/09/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras